A evolução do e-commerce 2015 x 2014

Escrito por Felipe Paschoal em . Publicado em Artigos técnicos, Blog

evolucao-ecommerce
 

Panorama Geral de vendas

O e-commerce em 2015 transacionou 106,2MM de pedidos, com ASP de R$ 388, totalizando R$ 41,3B, crescimentos respectivos frente a 2014 de 3%, 12% e 15,3%. Projeta-se para 2016 o crescimento de 0% nos pedidos, 8% no ASP e 8% no faturamento, chegando aos valores respectivos de 106,2MM, R$ 419 e R$ 44,6B.

Principais Considerações

A evolução no número de pedidos (3%) não foi tão grande quanto em anos anteriores por conta do cenário macroeconômico que enfraqueceu o poder de compra dos light users que possuem renda de até 3 mil reais/mês. O efeito freou o crescimento de novos usuários ativos, que obtiveram forte crescimento em anos anteriores 2014 (22%) contra apenas 3% em 2015, impossibilitando com que o indicador de pedidos subisse consideravelmente como no período anterior 2014 (17%).
Uma vez que o volume de pedidos não cresceu substancialmente, notou-se que o influenciador do crescimento do setor foi o aumento do ASP, principalmente por conta da elevação de preços dos produtos (9%) e aumento de vendas de categorias de maior valor agregado como por exemplo Smartphones e Eletrodomésticos.
Houve pequena migração (0,7%) de cartão de crédito para boleto, chegando a 19,6% share, por conta da diminuição de oferta de parcelamento sem juros, aliado ao sentimento de incerteza por parte da população.
O acesso via dispositivos móveis foi de 35%, onde a conversão é de 0,6%, que frente o desktop (1,8%), ainda é pequena. Em dezembro a participação dos dispositivos móveis, em faturamento, foi de 15%.
O número de usuários que compraram através de operações CBT cresceu 36% frente 2014, totalizando 14,9MM de usuários e faturamento de R$ 2B (18% maior que em 2014)
O perfil dos consumidores, por faixa etária e share, ficou da seguinte forma:
até 24 anos (8%), entre 25 e 34 anos (21%), entre 35 e 49 anos (38%), acima de 50 anos (33%) – idade média 42 anos. As vendas por gênero foram equalizadas 50% Homens e 50% Mulheres, em 2014 o cenário era 51,4% Homens e 48,6% Mulheres.
Fonte: Relatório WebShoppers, 2015 2º Semestre

Trackback para o seu website.

Felipe Paschoal

Formado em Administração de Empresas, com ênfase em Marketing, pela ESPM e com especialização em e-commerce, pela ComSchool, possuí uma enorme habilidade de desenhar cenários, mercados, estratégias e implementar KPIs através de robustas análises de dados. Passou por gigantes do setor farmacêutico como Marjan Farma, onde foi Trainee, implementando a área de Inteligência Competitiva, e Novartis, responsável pelo desenvolvimento, distribuição e implementação de todo material promocional da força de vendas nacional. Atualmente trabalha no planejamento estratégico e comercial do Marketplace do Mercado Livre Brasil, desenhando cenários, estratégias e implementando KPIs, além de monitorar o mercado do E-commerce. No portal Ecommerce PME será responsável em trazer informações e insights do comércio eletrônico.

Deixe aqui seu comentário

Entre em contato com o e-commerce PME